segunda-feira, 6 de outubro de 2008

Plectranthus coleoides Benth.

Nomes comuns: Planta-do-incenso, Falsa-hortelã, Planta-vela

Várias pessoas têm-me falado da "planta do incenso" e, simpaticamente, têm-me trazido amostras da dita. Este vasinho foi-me oferecido por uma senhora adorável, a Dª Maria, cliente da loja onde trabalho. A planta é diferente da outra que me foi oferecida em 26/09/2008, pois esta apresenta uma bela folhagem variegada. Entretanto e graças à intervenção da Madalena na caixa de comentários pude identificá-la. Foto de 04/10/2008: 


Exemplar: Planta envasada, chegada ao Jardim em 30/09/2008.

Indicações de cultivo: É originária da Índia e aprecia os climas temperados e quentes. Pode viver na meia-sombra mas também tolera o sol directo. O solo deve ser rico e com boa drenagem. As flores são brancas e sugem em qualquer altura do ano. Se for cultivada no chão deverão ser tomadas providências para impedir que se alastre descontroladamente. É normal perder folhas no Inverno, pois é uma planta que não gosta de frio, no entanto, torna a rebentar por baixo na Primavera seguinte. Os seus ramos longos e flexíveis prestam-se para cultivo como pendente ou rastejante. Habitualmente é utilizada em jardinagem, para cobertura de solo entre plantas de flor ou para decoração de sacadas e varandas. A propagação faz-se por estacaria.

Uso medicinal: A planta está a ser estudada quanto às suas aplicações. Sabe-se que é utilizada na medicina tradicional indiana mas não disponho, por enquanto, de qualquer informação concreta.

Sinónimo botânico: Plectranthus forsteri Benth.

10 comentários:

ameixa seca disse...

Ainda não entendi bem a planta do incenso e porquese chama planta do incenso... o incenso é extraído desta planta?

Dama do Lago disse...

Só lhe chamam assim, é um simples nome popular mas daqui não se extrai incenso nenhum. O incenso, mais conhecido como olíbano, vem de uma árvore chamada Boswellia carterii que nada tem a ver com esta singela ervinha :).

ameixa seca disse...

Ahhh... bem me parecia. Estou esclarecida Dama. Muito obrigada :)

Miguel disse...

Pois a minha também tem assim estas partes brancas nas folhas. Eu suponho que o nome vem do cheiro...até não é mau de todo.

Dama do Lago disse...

Miguel: o cheiro é bom, tanto desta como das outras Plectranthus que tenho por aí. No entanto, não acho que cheirem a incenso - nem pouco mais ou menos...

Jardineira aprendiz disse...

Eu tenho este nome em algum lado! Hoje vim a correr, mas espero não me esquecer de o procurar qd tiver mais tempo.

Madalena disse...

A variedade com as margens a branco-creme é a P. coleoides 'Marginatus'. Parabéns pelo jardim

Dama do Lago disse...

Jardineira: o tempo é sempre curto, também me queixo...

Madalena: Logo que possa vou completar a ficha. Muitíssimo obrigada pela informação :)!!

Maca disse...

yo también tengo una planta del incienso pero cuando crece el color blanco de las hojas se vuelve rosa y no está tan bonita, yo la podo,pero cuando crece un poco le pasa lo mismo ¿por qué será?.
Un saludo

Dama do Lago disse...

¡Hola Maca, bienvenida al Jardín :)! Mi español no es él mejor pero intentaré... Conozsco plantas que se vuelven rosadas o rojas cuando expuestas a demasiada luz directa del sol. Quizás, es lo que pasa con tuya. Trata de poner la planta en una posición de sombra parcial y ve si hay cualquier cambio.