domingo, 3 de agosto de 2008

Vriesea splendens (Brongn.) Lem.

Nomes comuns: Espada-de-fogo

Trata-se de uma pequena estaca, provavelmente de Vriesea splendens, a julgar pela cor da folhagem. A minha dúvida reside no facto de esta estaca ter sido destacada de um "matagal" de Vriesea, algumas sem flor e outras com espigas florais de cores inesperadas como, por exemplo, em tons de amarelo e negro. Espero que consiga ganhar raízes e, um dia, chegue a florir. Foto de 03/07/2008:


Exemplar: Rebento posto na terra em 02/08/2008.

Indicações de cultivo: Planta de família das bromélias, indicada para interiores. Gosta de viver na sombra, sombra-parcial ou luz filtrada. Pode demorar vários anos até florir. Necessita de bastante humidade, sendo qie as regas deverão ser frequentes, evitando apenas que o vaso fique de molho num prato cheio de água, pois isso poderá apodrecer a planta. Aprecia borrifadelas frequentes, de modo a manter os níveis de humidade ambiente. Após a floração, entra em declínio, produzindo nesse processo alguns rebentos laterais e acabando por morrer de seguida. Os rebentos laterais deverão ser conservados na planta-mãe até esta estar completamente degradada, sendo depois destacados e plantados. Antes da floração também é possível a propagação através de estacas dos rebentos laterais, na Primavera e por divisão dos rizomas.

6 comentários:

Jardineira aprendiz disse...

Parece um tigre!
Só te sei dizer que é linda!

Espaço do João disse...

Não será uma Gusmania? Creio bem que sim.

Dama do Lago disse...

Estou em crer que é uma Vriesea, pelo menos a julgar pela vizinhança que ela tinha no jardim de onde veio. As folhas são muito parecidas com as da Vriesea splendens mas, para o confirmar, tenho de esperar pela floração.

buedamau disse...

é uma vriesea splendens, vulgo espada-de-fogo.
a minha já perdeu a flor mas tem um novo olho, neste momento já bem mais alto do que o original! o teu tem umas manchitas, por isso vê lá se não é algum fungo ou bicharada...
como é uma bromileacea não quer sol mas gosta de luz forte, nada de água no a ficar no prato mas a urna sempre com água da chuva, de preferência! ocasionalmente um adubo líquido a 1/4 da concentração.
é linda grande e viçosa, mesmo sem a flor!

Dama do Lago disse...

Olá Buedamau, obrigada pela visita e pelas dicas :)! Também penso que é uma V. splendens, a julgar pela folhagem, mas tenho dúvidas porque vi folhas destas a produzirem flores negras e amarelas, muito diferentes do vermelho típico da espada-de-fogo.

Penso que só me livro da dúvida se a planta florir mas estou cada vez com menos esperança pois, a esta data, ainda não enraizou.

NaturArt disse...

Tambem tenho reparado que muitas das suas plantas estão em vasos de barro, ora o barro sendo um material poroso absorve a agua, evitando assim k a planta tenha uma rega adequada, se reparar muitos dos vasos criam umas manchas brancas, isso deve-se à absorção da agua, para que isso não aconteça, aqui fica uma dica. Numa loja de tintas compre um tapa-poros aquoso e pinte o vaso por dentro e por fora, este tapa-poros vai criar uma camada impermeavel e assim o barro não irá absorver a agua :) e ja agora coloque a agua sempre no prato, assim a terra ira absorver apenas a agua necessaria. Para que as raizes nao apodreçam com excesso de agua, use uma técnica que uso e da resultado, antes de colocar a terra coloque no fundo do vaso umas pedrinhas, mesmo k tenha agua em excesso, nao estará em contacto com as raizes.