quinta-feira, 3 de janeiro de 2008

Polygonum capitatum Buch.-Ham. ex D. Don

Nome comum: Tapete-ingês

Pensei que a plantinha fosse pegar facilmente por causa do seu aspecto resistente mas, para meu espanto, hoje estava completamente murcha. Espero que nos próximos dias dê sinais de recuperação. Foto de 03/01/2008:


Exemplar: Colhido em 02/01/2008 com um pouco de raiz e posto num vaso.

Indicações de cultivo: É uma planta perene. Deve ser cultivada sob sol pleno ou meia-sombra, em solo fértil, bem drenável, preparado com matéria orgânica e com regas periódicas. Usar 4 pés por metro quadrado para a formação de um denso tapete. Tolerante a curtos períodos de seca. Exige pouca manutenção, apenas algumas podas para controlar o crescimento e adubações anuais. Aprecia o frio subtropical ou mediterrâneo, desenvolvendo-se melhor nestas regiões. Multiplica-se por divisão da ramagem enraizada e espontaneamente por sementes. Cuidado ao plantá-la directamente no chão pois pode tornar-se invasiva.

Sinónimos botânicos: Polygonum alatum (Buch.-Ham. ex D. Don) Spreng., Persicaria capitata (Buch.-Ham. ex D. Don) H. Gross., Cephalophilon capitata

2 comentários:

Jardineira aprendiz disse...

Eu trouxe uma para casa há uns anos e arrependi-me! Ela é invasora e cobre todas as plantas com tamanho semelhante. Apesar de queimar com o frio, na primavera volta a rebentar e a cobrir tudo, e espalha sementes por todo o lado que até nas frinchas nascem. Já a tentei erradicar e não consegui. Suponho que não está na lista oficial das plantas invasoras, mas é um pouco agressiva (é originária do méxico, se não me engano)

Suponho que numa varanda seja mais fácil de controlar, mas se calhar é melhor mantê-la debaixo de olho!

Dama do Lago disse...

Pois... já me constou que a planta tem genica. A minha está com muito mau aspecto mas estou com fé que consiga sobreviver. Dentro de um vasinho não há-de conseguir fazer estrago :)