domingo, 10 de fevereiro de 2008

Tradescantia fluminensis

Foto tirada à chegada:


Exemplares (2): Dois raminhos trazidos da serra de Sintra e postos em água no dia 10/02/2008.

Indicações de cultivo: Esta planta é bastante invasiva e cobre todo o chão da floresta, a par com a Vinca. Por essa razão convém mantê-la dentro de um vaso e podar generosamente todos os anos. Sei por experiência que ela tanto vive bem na terra como na água - cheguei a ter várias dentro de um aquário. Tolera bem a sombra. As flores são brancas e aparecem pela Primavera.

2 comentários:

Jardineira aprendiz disse...

Ui, esta parece-me uma pestinha das piores, a Tradescantia fluminensis, vê aqui
O quintal dos meus pais está invadido com ela nas zonas de sombra, e parece impossível erradicá-la porque o mais pequeno troço dá origem a uma nova planta. É uma das plantas classificadas como invasoras em Portugal, por isso não é lá muito boa ideia trazê-la para casa. Claro que não dá para identificar com certeza pela foto, e nenhuma das outras espécies de Tradescantia que conheço é invasora. O link que te deixei faz parte da lista de plantas invasoras e está publicado no site do projecto Invader, que trabalhar com o assunto, aqui
, se quiseres ver.

Beijos

Dama do Lago disse...

Olá Jardineira

É mesmo uma Tradescantia fluminensis, obrigada pela dica :). Eu suspeitava que fosse esse género porque tenho aqui a Tradescantia pallida donde tirei algumas semelhanças. Já tive destas plantas antes e bem sei que são invasivas mas duvido que constituam um problema aqui no Jardim - o espaço é muito limitado e está controlado ao milímetro!

Bjs