segunda-feira, 7 de julho de 2008

O cacto sem nome acordou para a vida!

Este é o tal cacto que não dava sinal de crescimento há anos. Mudei-o para a varanda em meados de Abril e parece que a terapia resultou. Finalmente saíu da letargia e está a ganhar uma nova coroa de picos! Foto de 06/07/2008:

6 comentários:

Miguel disse...

Até não sou grande fã dos cactos, mas este tá muito engraçado! Respondi te aos comentários lá nos vários posts do blog. ;) Já agora, uma das estacas da menta chocolate já está prometida há um tempo não é verdade? xD ela está lá, à espera q a levem.

Miguel disse...

P.S- E já agora também deixei algumas perguntas de volta x), visto que é a perguntar a quem sabe que acabamos por aprender também ;)

greentea disse...

os catos gostam de luz e humidade - um pouco de chuva faz-lhes bem!!

ameixa seca disse...

Ora aí está! Costuma dizer-se que "Quem não muda, Deus não ajuda" ;) Aqui está a prova de tanta sabedoria popular :)

Dama do Lago disse...

Miguel: tenho cá uma Cissus rhombifolia e um Aloe aristata, prá troca, queres? Tenho de abrir espaço para essa achocolatada :)!Loool!!

Greentea: pois é, nunca está sol demais para eles. Infelizmente no Jardim não há locais que apanhem sol durante todo o dia. Quanto à humidade, não gostam muito, só mesmo na estação de crescimento (Primavera/Verão) é que apreciam umas regadelas.

Ameixa: Calculei que na varanda devia bater pelo menos mais duas horas de sol do que na cozinha. Pelos vistos chegou para que o pequenote resolvesse meter as orelhas de fora :)

Cris Bolbosa disse...

Que giro, eu também mudei uns cactos que tinha meio abandonados e desde então, vêem-se crescer de dia para dia. Tudo quer atenção, não há dúvida.