segunda-feira, 9 de junho de 2008

Arrudas

As flores da Arruda maior já estavam quase feitas em sementes e, em 29/05/2008, resolvi podá-la. Fotos de 30/05/2008:


Estes são os exemplares mais pequenos que estavam em vasos individuais. Por uma questão de espaço (ou falta dele) decidi juntá-las todas num vaso médio:

5 comentários:

Miguel disse...

A minha arruda está muito grande mas tem um tronco muito lenhoso e não fosse pelo tamanho, pareceria quase um bonsai com o seu tronco retorcido. Estou com problemas na minha mentha chocolate...apareceram pulgões no caule nas folhas, não sei como me livrar deles para além das joaninhas que são dificeis de encontrar...alguma sugestão?nunca tive praga nenhuma nas minhas plantas...como é q hei de fazer para retirar estes habitantes verdes da minha mentha?

Dama do Lago disse...

Eu consegui dar cabo dos pulgões com borrifos diários de água com sabão da loiça e álcool.

Miguel disse...

Sabão da loiça? pode ser aquele de lavar as mãos?

Dama do Lago disse...

Suponho que também deve funcionar...

Jardineira aprendiz disse...

Ela cresce bastante se tiver espaço, qualquer dia se calhar tens que as mudar de sítio.

Conheces uma criaturinha chamada Papilio machaon? É uma borboleta lindíssima, das mais bonitas que conheço em Portugal, mas tem um senão, põe os ovos sobre as arrudas e se puderem, as lagartas dão cabo delas! O ano passado uma das minhas ficou quase no esqueleto. Pelo que fui apurando por essa blogosfera as borboletas adoram o cheiro das arrudas (!) e encontram-nas a grande distância, mesmo nas varandas das cidades. Por isso se te aparecer uma visita não te surpreendas!

Bem, estou a dizer mal do bichinho e ele é lindo!