sexta-feira, 27 de fevereiro de 2009

Abacateiro

O abacateiro têm-se desenvolvido bem na cozinha e brevemente terei de o mudar de vaso. As folhas, infelizmente, foram "podadas" por uma das minhas máquinas podadoras de quatro patas que, por descuido meu, ficou esquecida junto das plantas. Enfim, espera-se que cresçam folhas novas... Foto de 19/02/2009:

6 comentários:

Maluxa disse...

Olá :)
Esses seres de 4patinhas fazem cada coisa!!Ã ultima da Nina foi trazer-me p casa um Big gafanhoto, para ela brincar...coitadinho do bichinho!!! Lá lho tirei ...espero que tenha conseguido escapar-se!!!

Tb plantei umas sementes depois do Natal, mas ainda não apareceu nada!!
Manga, Chuchus e Lichias..

O teu Abacateiro é lindo!!

Beijinhux
MaluXa *

* Tem um desafio no meu cantinho para ti!!

ameixa seca disse...

Adorei essa da máquina podadora de quatro patas he he
As plantas são sempre sacrificadas :) Oxalá recupere bem!

HAZEL disse...

Está enorme e lindo!

Eu também tenho um, mas as folhas nunca mais crescem, estão sempre pequeninas.

Eles gostam de luz directa ou meia sombra?

Beijinhos

elsa disse...

Olá Dama do Lago.
Venho ver o seu blog várias vezes.
Sou visita assídua e acho muita piada ao facto de recuperares plantas do lixo.
És um sucesso de reciclagem rsrsrs.
Eu adoro plantas de todos os tipos, com flores, sem flores, cactos com picos, suculentas, por aí.
O meu vício é ir rapinando pedaços de plantinhas, aqui e ali e depois em casa meter em água ou na terra, conforme me pareça melhor e depois deixá-las crescer. Como se costuma dizer tenho "unha verde" e as plantas comigo dão-se bem, desenvolvem-se e ficam bonitas.
Mas o que me fez escrever aqui para ti é que hoje achei uma palmeira no lixo.
AH pois é!!!
Eu também ando com atenção ao lixo.
A palmeira é muito grandinha e estava sem vaso com as raizes expostas.
Parece-me uma Kentia e gostaria de saber se me podes ajudar e indicar o que faço para cuidar dela.
Por enquanto meti-a num vaso no meu terraço com alguma água.
Mas amanhã vou colocá-la num vaso grandinho e por debaixo do telheiro da churrasqueira, mas se calhar ela gosta mais de estar no interior?
Gostaria de ajuda.
OK?
Obrigado pela atenção.

Dama do Lago disse...

Maluxa: coitado do gafanhoto... mas pronto, trabalho de gato é isso mesmo. Ainda não me dediquei ao teu desafio mas com calma.... :)

Ameixa:tenho passado no teu blog mas tu não tens dado por isso... num destes dias conto-te um segredo ;)

Hazel: eles aguentam bem a meia-sombra mas, mais importante do que isso é a temperatura que nunca deve descer demasiado. Em Portugal continental não se dão bem na rua, justamente por causa do frio de Inverno.

Elsa: as Kentia normalmente são cultivadas como plantas de interior, porque toleram pouca luz e também porque são muito resistentes. Em princípio não terá problemas em recuperá-la. A sua maior fraqueza é a susceptibilidade à podridão por excesso de água, pelo que só deve regar o bastante para manter a terra húmida. Suponho que estará bem sob o telheiro, desde que não apanhe sol directo.

HAZEL disse...

Obrigada, amiga!
Beijos mágicos!