sexta-feira, 30 de maio de 2008

O Aloe arborescens continua a partilhar o vaso

Em 30/01/2008 retirei 12 pés de espinafres que tinham germinado neste vaso e coloquei-os separados, na esperança que rendessem uma colheitazita... mas não. Foram uma desilusão imensa, nunca mais cresceram nada que se visse, ficaram sempre com folhas pequenas e por fim, como se não bastasse, ainda tiveram a audácia de dar flores. Em 29/05/2008 resolvi desistir deles e reaproveitar o recipiente. Voltando ao vaso do Aloé, novos espinafres germinaram e com muito melhor aspecto do que aqueles que transplantei. Será que eles preferem o substrato arenoso e por isso se desenvolvem melhor aqui? O Aloé, esse vai tentando ver o sol por debaixo de todas estas folhas. Foto de 23/05/2008:

9 comentários:

Nelio disse...

Essa aloé cresce bastante daqui a uns dias vai pedir um vaso maior,mas claro que leva o seu tempo...quanto aos espinafres já dá para uma bela sopa....bom fim de semana....

JMRM disse...

Olá Dama...

Adoro Espinafres na salada, hummm.

Se Aloé crescer como o meu vais ter que o colocar num vaso bem grandinho :)

Bom fim-de-semana

Rose disse...

Ficou um vaso bem charmoso!!!
Vou copiar a idéia, só mesmo para ornamentar, espero não passar as verduras para o quintal.
Valeu, querida.
Bjs.

Florescer disse...

Ai, onde é que vai teu polvinho?
Vai a fugir para onde?
Hum, será que não pagou o condominio e está a ser despejado?

Jardineira aprendiz disse...

As tuas plantas estão com um aspecto óptimo! Vê-se que são tratadas com carinho.

Bem, e destes espinafres acho que já podes tirar umas pontinhas para a sopa! Até porque é bom para eles renovarem. Se calhar gostaram mesmo do substrato. (Ou da companhia, quem sabe!)

Espaço do João disse...

Esses espinafres, conheço-os por tetragones. São riquíssimos em ferro e dão um belo esperregado com umas acelgas pelo meio. Quanto ao Aloé estou totalmente de acordo com o Nélio. Bom fim de semana.

Espaço do João disse...

As datas são para não serem esquecida. Quando passamos em especial por certs situações elas veem à memória como a data em que nascemos. Abençoados aqueles que ainda conseguem lembrar e fazer com que a história seja relembrada aos nossos descendentes. Pode ser que muitas injustiças sejam jamais esquecidas.

clau disse...

Ola!
Divertido este seu espinafre!
Parece um vaso que eu tenho, em que brota um batateiro ja faz + de 3 anos...
Da ultima vez, virei toda a terra sobre um jornal para me certificar que nao teria sobrado nem uma minuscula batatinha, mas pelo jeito TINHA!!
Parece um "cuco" de primavera: nem ela começa e ele ja esta cheio de folhas e produzindo batatas: coisas da natureza...!
Boa salada.
Bjs!

Dama do Lago disse...

Nelio: para uma bela sopa tinham dado aqueles 12 pés que se recusaram a crescer, isso sim... mafarricos :)!

Jmrm: realmente já vi destes aloés, imponentes :)! Mas este não pode chegar tão longe, pelo menos enquanto eu não tiver um pedaço de terreno...

Rose: isto não foi uma ideia minha, os espinafres apareceram sem que os tivesse semeado, mas estás à vontade para tentar, com certeza que vão nascer :)!

Florescer: o polvinho pagou, os espinafres é que não ;)!

Jardineira: vai ficar um mistério, porque é que eles gostaram tanto deste vaso...

João: tetragones? Estou sempre a aprender :)!

Clau: esse teu vaso de batatas vale ouro :)! Se eu fosse a ti não tentaria eliminá-las, antes pelo contrário :)!