segunda-feira, 26 de maio de 2008

Sedum album L.

Demorei um bocado para conseguir identificar estes novos habitantes mas entretanto já me convenci de que são mesmo Sedum album. Fotos de 18/05/2008:



Exemplares: Apanhados numa ruína em 14/05/2008. As plantas cresceram sobre o telhado da velha casa e as telhas, entretanto, caíram. Encontrei os cacos das ditas cujas, bem como grandes "tapetes" de musgo entrelaçados com estas interessantes suculentas. Depois de chegar a casa, coloquei o conjunto dentro de um prato, na cozinha, e tenho estado a borrifá-lo diariamente com água. Suponho que as suculentas irão perder o tom avermelhado e tornar-se mais verdes pela falta de sol directo.

Sinónimos botânicos: Sedum albellum Besse, Sedum balticum Hartman, Sedum rhodopaeum Podpera, Sedum teretifolium Lamarck, Sedum micranthum Bastard, Sedum turgidum Bastard, Sedum athoum de Candolle, Sedum clusianum Gussone, Sedum serpentini Janchen, Sedum album fma. murale Praeger, Sedum album fma. purpureum (Pau & Font Quer) Maire, Sedum vermiculifolium P. Fournier, Sedum gombertii Sennen, Sedum paniculatum Kitaibel,

3 comentários:

ameixa seca disse...

É muito bonito... o musgo faz um belo prato :)

Florescer disse...

Hum, bela ideia... talvez a possas colocar num velho aquário, ou num boião grande... para fazeres um tipo de jardin mini... e assim já não é tão necessário burrifares todos os dias, pois nestes casos não perdem tanta água... pensa nisso.

Vieira Calado disse...

Conheço a planta.
Havia também numas casas arruinadas que o meu avô tinha no campo.
Mas não sei o nome.
Cumprimentos.